Dores de cabeça de ressaca: o que ajuda?

Carnaval, um casamento ou uma festa de aniversário: estas são boas ocasiões para brindar com um copo de espumante ou com uma garrafa de cerveja. Mas, normalmente não fica por um copo só, e o acordar de manhã é extremamente desagradável. Má disposição e dores de cabeça de ressaca duram com frequência até ao dia seguinte. Saiba aqui o que pode fazer contra as dores de cabeça após um excesso de álcool.

De onde vêm as dores de cabeça de ressaca?

Dores de cabeça após o consumo de álcool são um fenómeno conhecido há muito tempo. As razões para o seu surgimento ainda não foram completamente esclarecidas pelos cientistas, presumivelmente devido à combinação de diferentes efeitos de álcool no corpo:

  • O álcool é decomposto no fígado. Os produtos da decomposição aumentam a produção de urina, fazendo o corpo perder água. A falta de água é considerada uma das principais causas de ressaca após um excesso de álcool.
  • Com a urina o corpo perde ainda substâncias minerais importantes, como magnésio ou potássio. A falta de substâncias minerais dá por sua vez origem às típicas dores de cabeça de ressaca.
  • Algumas bebidas alcoólicas contêm uma mistura de diferentes álcoois - os assim chamados álcoois ordinários. São suspeitos de causarem dores de cabeça de ressaca, encontrando-se, por exemplo, no whisky, vinho e aguardentes de frutos.

Resumindo, o álcool provoca dores de cabeça latejantes, na maioria dos casos parecidas com as da enxaqueca, e acompanhadas de outros sintomas desagradáveis como má disposição, tonturas e fadiga.

O que ajuda contra a ressaca?

Cada um tem a sua própria opinião sobre que remédio ajuda realmente contra uma ressaca . É certo que mesmo quem tem em consideração todas as mezinhas e dicas para o alívio de dores de cabeça de ressaca, pode desenvolver, após alguns copos de bebidas alcoólicas, uma ressaca. Para inibir os efeitos, pode no entanto experimentar as seguintes dicas:

  • Não beba bebidas alcoólicas com o estômago vazio. Recomenda-se muitas vezes ingerir alimentos com alto teor de gordura. Isso diminui a ingestão de álcool, mas mais cedo ou mais tarde todo o álcool entra na circulação sanguínea e a ressaca ataca. Por isso, coma antes uma refeição ligeira, por exemplo massa com molho magro ou ovo mexido, impedindo assim que a totalidade do álcool seja assimilada pelo corpo, facilitando a sua digestão.
  • Para compensar a perda de líquidos, beba muita água, além da bebida alcoólica, idealmente um copo de água por cada copo de bebida alcoólica. Para compensar o equilíbrio de substâncias minerais pode ingerir nozes ou palitos salgados.
  • Um pequeno-almoço leve na manhã seguinte é um bom remédio contra a ressaca: é necessário hidratar-se, sendo ainda recomendados alimentos ricos em hidratos de carbono, tais como pãezinhos e alimentos salgados como azeitonas ou queijo feta.
  • Dê um passeio a pé ao ar livre. Dar um passeio a pé levanta o ânimo e faz desaparecer o nevoeiro na cabeça.

A dor de cabeça de ressaca é um sinal evidente que a pessoa afetada consumiu álcool em excesso, sendo aconselhável reduzir naturalmente o consumo de álcool. Além da ressaca, o álcool tem a longo prazo efeitos nocivos para o corpo, tais como danos no fígado, efeitos cardíacos ou danos dos nervos.

Aspirina® contra a ressaca?

Quem procura um alívio rápido para as dores de cabeça de ressaca, pode tomar um medicamento analgésico. Comprimidos Aspirina® com a substância ativa ácido acetilsalicílico estão comprovados contra as dores. A Aspirina® pode, graças ao seu efeito rápido, aliviar as dores de ressaca sem sobrecarregar adicionalmente o fígado.