Dores musculares e nas articulações: uma visão geral

Saltar, alongar, andar – em cada um destes movimentos participam músculos e articulações. Mas o que fazer, quando surgem dores musculares e nas articulações? Quais são as causas e que modalidades de tratamento existem? Na nossa síntese encontrará as respostas.

Ilustração anatómica de dores musculares e nas articulações

As causas mais comuns para as dores musculares e nas articulações

Músculos, articulações, ossos: estes formam uma grande parte do nosso corpo, são a pedra basilar, proporcionando estabilidade e simultaneamente conferindo mobilidade e flexibilidade. Com frequência sentimos claramente um dano nestas áreas. Especialmente frequentes são as dores musculares e nas articulações, que causam problemas no corpo: as dores musculares manifestam-se na maior parte das vezes sob a forma de dores nos músculos, cãibras ou tensões, enquanto que as dores articulares surgem, por exemplo, sob a forma de dores nas articulações, que incham ou ficam menos móveis.

Enquanto que as dores musculares surgem com frequência nas costas, no ombro ou no pescoço, os joelhos, as ancas ou os dedos são particularmente afetados por dores nas articulações. As causas para estas dores são bastante diversificadas, consideram-se por exemplo:

  • Falta de exercício
  • Influências ambientais como o frio ou a humidade
  • Acidificação do corpo, por exemplo através do stress ou do fumo
  • Falta de magnésio
  • Doenças como reumatismo ou a gota

Na maioria dos casos, a base para as dores musculares reside numa sobrecarga do corpo e da sua musculatura. De seguida, o forte esforço leva a um aumento da tensão muscular, o que por sua vez desencadeia mais dor. Um aumento do stress também pode causar dores nas articulações. No entanto, os desencadeadores mais comuns dos sintomas são as infeções, reações autoimunes ou o desgaste relacionado com a idade.

Leia mais sobre causas e sintomas.

 

Já sabia?!

O corpo humano possui cerca de 650 músculos diferentes. O maior músculo em termos de área situa-se superficialmente nas costas, o chamado Musculus latissimus dorsi - mas não é automaticamente o mais forte, pois esse é o masseter.

O número de articulações móveis é aproximadamente 100. Sob essas denominadas articulações genuínas, recaem aquelas que têm uma abertura cheia de líquido (cotovelos, joelhos). Se adicionarmos as articulações falsas, nas quais os ossos se fundem entre si (costelas), atingimos o número de 360.

O que pode fazer contra as dores nos músculos e nas articulações

"Quem descansa, enferruja", conhece o ditado? Este ditado tem um verdadeiro sentido, pois a falta de movimento, danifica as articulações. Só através do movimento é possível aos nutrientes chegarem às cartilagens e, ao mesmo tempo, transportar para fora os produtos degradados. Para esse efeito, é importante escolher o tipo de desporto certo. Em particular, disciplinas que exigem muito exercício, mas ao mesmo tempo, são fáceis para as articulações, por exemplo, natação ou ciclismo, são adequados.

O exercício também desempenha um papel no tratamento de dores musculares na área das costas, ombro ou pescoço. Com os exercícios certos, pode fortalecer a sua musculatura e prevenir as dores. Em caso de dores agudas, são necessárias outras medidas:

  • Massagens
  • Terapia de calor
  • Cremes analgésicos
  • Medicamentos

Para saber mais sobre o tratamento para as dores musculares e nas articulações, clique no link.