Dores musculares e das articulações: causas e sintomas

O corpo humano possui cerca de 650 músculos diferentes e cerca de 360 superfícies articulares. Qualquer músculo e/ou articulação podem doer: as dores nas articulações ocorrem sobretudo nos ombros, coluna vertebral e nas ancas, no joelho e nos dedos. Pelo contrário, as dores musculares surgem em primeiro lugar na região do pescoço e nas costas. Quais são os sintomas que ocorrem? Quais são as causas para as dores musculares e  nas articulações?

Uma mulher com dores musculares na região dos ombros

Dores musculares: as causas mais comuns em resumo

As dores musculares (mialgia) podem surgir, por exemplo, após esforço desportivo ou atividade física incomum. Mas também um aporte insuficiente de minerais, tais como o cálcio ou o magnésio, bem como doenças, são elegíveis como causa para dores musculares.

  • Lesões musculares: por exemplo, em desportos com movimentos de arranque e paragem rápidas (futebol, ténis), podem ocorrer fraturas, distensões ou contusões. Os dois últimos expressam-se por uma dor de pressão ou movimento, enquanto que uma rutura muscular ou fibra muscular também é adicionalmente reconhecida através de um hematoma.
  • Cãibras musculares: causas para este tipo de dor muscular são muitas vezes uma carência de magnésio ou um forte esforço físico no desporto; devido ao aumento da transpiração, ocorre uma maior perda de magnésio. Como resultado, muitas vezes experimentamos espasmos musculares nas barrigas das pernas.
  • Tensões musculares: uma postura errada ou a posição sentada durante horas favorecem a ocorrência de tensões. Mas também um movimento desfavorável ou uma musculatura fraca podem originar dores musculares nos ombros, pescoço ou costas. Ocasionalmente, podem surgir também dores musculares no pescoço. As regiões afetadas ficam a maior parte das vezes endurecidas e dolorosas ao toque.
  • Doenças musculares: por um lado, agentes patogénicos como bactérias (tétano) ou vírus (vírus da gripe) podem despoletar uma inflamação do músculo. Por outro lado, pode haver uma doença não inflamatória, por exemplo, quando um hipotiroidismo é a causa da dor muscular.

Em regra, a dor muscular, especialmente as torsões ou cãibras, desaparecem por si só. Deve procurar um médico se a causa para as dores musculares for desconhecida ou se os sintomas não melhorarem após várias semanas, ou se existir suspeita de uma lesão muscular ou rutura muscular.

Como surgem as dores nas articulações?

Aspirina MicroActive® atua rapidamente: descubra como e porquê. Sabe a quem é aconselhada? Nós explicamos-lhe!

As dores nas articulações podem ter diversas origens. Por um lado, doenças como reumatismo, doença de Lyme ou inflamação nas articulações (artrite) podem ser responsáveis pela dor. Por outro lado, os sintomas também são um companheiro comum de doenças, como a gripe ou o sarampo. As dores nas articulações ocorrem na forma de condições de abrasão nas articulações, especialmente na região da anca ou joelho, uma condição típica para a artrose.

Em contraste com o desgaste articular crónico relacionado à idade (artrose), a dor articular aguda geralmente resulta de sobrecarga física. Devido a estas causas mecânicas, a articulação é diretamente afetada. Exemplos de sobrecarga física incluem: contusões, luxações, entorses, esforço excessivo, entre outros, adquiridos devido ao desporto ou por obesidade.

As dores que ocorrem distinguem-se da seguinte forma:

  • A dor na locomoção surge assim que a articulação é mexida.
  • A dor noturna e dor de repouso ocorrem no estado de repouso, com frequência mesmo durante o sono.
  • A dor de impacto ocorre por esforço da articulação.

No tratamento da dor nas articulações, mas também da dor muscular, a distinção entre causa mecânica e causa relacionada com doença é um aspeto importante. Gostaria de saber como tratar dores musculares e nas articulações? No nosso texto sobre tratamento encontrará as informações que procura.