Efeitos de Aspirina® , ácido acetilsalicílico

O efeito da Aspirina® – analgésico, antipirético e anti-inflamatório

Uma substância ativa, múltiplos efeitos. O ácido acetilsalicílico – a substância ativa da Aspirina® – possui várias propriedades simultâneas. Saiba aqui quais são, quanto tempo dura o efeito da Aspirina® e que outros componentes combatem, junto com o ácido acetilsalicílico, as constipações.

Que substância ativa se encontra na Aspirina®?

Ácido acetilsalicílico – uma palavra complicada que esconde uma substância ativa com uma série de propriedades. O AAS, a sua abreviatura, não só tem um efeito analgésico e antipirético como também é anticoagulante. Além disso, o AAS tem propriedades anti-inflamatórias. Como funciona essa substância ativa? Quais são suas áreas de aplicação? Quais são as áreas de aplicação e as opções de administração do ácido acetilsalicílico?

Ácido acetilsalicílico: o efeito

O ácido acetilsalicílico, presente nos medicamentos Aspirina®, é uma substância ativa multifacetada com propriedades analgésicas, antipiréticas e anti-inflamatórias. Porém, como atua exatamente o ácido acetilsalicílico?

A substância ativa inibe a formação endógena de neurotransmissores, as chamadas prostaglandinas, que aumentam a sensibilidade dos recetores da dor no corpo. Inibindo a formação destes, reduz a excitabilidade exacerbada dos recetores da dor nas terminações nervosas e reduz as dores e sintomas inflamatórios.

O ácido acetilsalicílico encontra-se em todos os medicamentos Aspirina®.

Administração e duração do efeito de Aspirina®

Como é usado o ácido acetilsalicílico?
O AAS é uma substância ativa, presente nos medicamentos Aspirina®, tomada normalmente por via oral, mas também através da mucosa da boca. A opção de tomar um comprimido, um microgranulado ou um comprimido efervescente depende unicamente das preferências de cada um.

Quanto tempo dura o efeito da Aspirina®?
Os comprimidos de Aspirina® têm um efeito rápido: ao fim de cerca de 17 minutos começa-se a sentir um alívio das dores ligeiras a moderadas. Este efeito de alívio de Aspirina® mantém-se até seis horas.
Adultos e adolescentes a partir dos 12 anos de idade podem tomar mais 1-2 comprimidos, após um intervalo mínimo de quatro horas, se a dor reaparecer. A dose diária máxima de seis comprimidos não deve ser excedida.

Aspirina® efeito: mais do que um analgésico

O ácido acetilsalicílico contido na Aspirina® está incluído nos seguintes grupos de substâncias ativas:

  • Analgésicos não-opióides 
  • Antirreumáticos não esteroides
  • Antiagregantes plaquetários

O que significa isto exatamente?

Kopf mit Kopschmerzen

A aspirina® é um analgésico não-opioide. Analgésicos não-opioides são agentes que, ao contrário dos opióides, não têm efeitos nos recetores de opióides endógenos. Atuam inibindo as prostaglandinas (hormonas tecidulares). As prostaglandinas são responsáveis, entre outras coisas, por sentirmos dores. Fazem parte do sistema de transmissão e alerta para a dor no cérebro.

entzündungshemmend

Antirreumáticos não esteroides são medicamentos anti-inflamatórios. Suprimem a produção de prostaglandinas; estas não são só responsáveis pelas dores como também pelos sintomas de inflamação. Entre estes contam-se a vermelhidão assim como, por exemplo, o inchaço. Por este motivo a Aspirina® tem propriedades anti-inflamatórias.

Bluttropfen

Os antiagregantes plaquetários inibem – como o próprio nome indica – a agregação das plaquetas (trombócitos). Para se agregar, os trombócitos necessitam de uma substância designada tromboxano A2. Esta é produzida pela própria pessoa com ajuda de uma enzima. Uma substância ativa como o ácido acetilsalicílico bloqueia precisamente esta enzima. Deste modo as células sanguíneas perdem a capacidade de formarem coágulos.

Além disso, a Aspirina® pode ser usada para baixar a febre, pois o ácido acetilsalicílico afeta o centro de regulação da temperatura no cérebro.

Aspirina® ácido acetilsalicílico

O âmbito de aplicação do ácido acetilsalicílico, presente nos medicamentos Aspirina®, em resumo:

Dores ligeiras a moderadas

Febre

Inflamação

Existem produtos combinados com ácido acetilsalicílico?

ASS também está disponível em produtos combinados. Por exemplo, a Aspirina® Complex, contém o ácido acetilsalicílico como também a pseudoefedrina.
Quais as vantagens desta combinação de substâncias ativas? Enquanto o AAS inibe a formação de substâncias que provocam febre, dor e inflamação, a pseudoefedrina é um ingrediente ativo que ajuda a descongestionar a mucosa do nariz e seios perinasais durante as constipações. Esta combinação torna a Aspirina® Complex numa solução eficaz para as constipações que alivia os sintomas mais proeminentes da constipação e potencia a recuperação.

Aspirina® Complex

Aspirina® Complex

O produto combinado contra espirros, febre, dor de cabeça ou cefaleias e outros sintomas da constipação e da gripe.

Folheto Informativo

O efeito da pseudoefedrina: a segunda substância ativa da Aspirina® Complex

A pseudoefedrina é um fármaco pertencente à classe dos simpaticomiméticos. Isto significa que aumenta a libertação de noradrenalina e inibindo também a sua reabsorção. Desse modo vai estimular o sistema nervoso simpático, parte do nosso sistema nervoso. Uma das consequências da estimulação do sistema nervoso simpático é a contração dos nossos vasos sanguíneos, que vai levar à redução do inchaço da mucosa e seios perinasais. O nariz fica então descongestionado para que volte a respirar normalmente.