Dores no pescoço e nas costas: Sintomas e sinais

"Tenho dores nas costas", a maioria das pessoas conhece bem esta frase e, também, já deve tê-la dito. Entretanto as dores nas costas constituem uma doença generalizada em Portugal: 72,4% de toda a população portuguesa sofre ou sofreu deste sintoma. Neste caso, os sintomas são tão diversificados quanto as causas. Aqui encontra uma visão geral dos sintomas de dores nas costas mais comuns.

Homem apresenta sintomas de dores nas costas

Dores nas costas: mais do que um sintoma

Se as dores nas costas se intensificarem, um tratamento adequado é essencial.

Dores no pescoço e nas costas fazem parte das queixas diárias nos dias de hoje. Desencadeadores há muitos, como, por exemplo, a falta de exercício ou posturas incorretas. O nosso corpo, e também as costas, querem mover-se e serem fortalecidos. Não é de admirar, então, quando a coluna e outras partes do corpo protestem ao fim de algum tempo.

Em regra, pelas dores nas costas estarem subjacentes a uma tensão dos músculos, não se deve tomar isto de ânimo leve. Se as dores não forem tratadas, aquando das primeiras ocorrências de tensão, estas podem evoluir rapidamente para dores agudas nas costas. Os sintomas expandem-se a toda a coluna vertebral, desde a coluna lombar até à cervical. No caso de um nervo preso nas costas, a dor pode irradiar até aos braços, mãos ou pernas.

O problema: Quem sofre permanentemente de dores nas costas, assume automaticamente uma má postura. Como resultado, a mobilidade diminui, o que por sua vez agrava os sintomas, tornando inevitável um tratamento adequado em caso de problemas persistentes nas costas.

Dores no pescoço como desencadeadores de dores de cabeça

Se os músculos do pescoço estão tensos, frequentemente, expressa-se por dores no pescoço que podem irradiar do pescoço para os ombros. Às vezes, a cabeça e o pescoço só se conseguem mexer sob dores. Se os músculos do pescoço estão muito tensos, isso também pode ter os seus efeitos: dores de cabeça devido a dores de pescoço são mais conhecidas sob o termo cefaleias tensionais.

As dores no pescoço podem também ser sintoma concomitante de enxaquecas. Além disso, é possível que ocorram distúrbios circulatórios e dores nos braços e nas mãos. As pessoas afetadas têm uma "dor nas costas" tão severa que sofrem de náuseas ou vómitos.

Dores no pescoço e dores nas costas como sintomas concomitantes em doenças

Nem sempre são as tensões musculares que causam as dores no pescoço ou nas costas. As dores no pescoço podem ser, também, sintoma de doenças reumáticas ou infeções na região da cabeça e da garganta. Além dos sintomas agudos, são frequentes ainda a febre, sensação de rigidez e mobilidade limitada da cabeça.

Mesmo a osteoporose (perda óssea) ou a inflamação dos discos intervertebrais e das vértebras podem causar dor no pescoço como sintoma concomitante. Contudo, o mesmo se aplica aqui: as dores no pescoço são apenas um dos sintomas que aparecem; por exemplo, as inflamações vertebrais são frequentemente acompanhadas de febre, dor de cabeça ou fadiga.

Conclusão: Sintomas no caso de dores no pescoço e dor nas costas

A dor nas costas e no pescoço nem sempre é vista como um sintoma independente; é bem possível que estas sejam apenas um dos vários sintomas concomitantes que ocorrem em doenças gerais.

Se sofrer de dor no pescoço ou nas costas por mais de quatro dias, deve consultar um médico para esclarecer os sintomas.